Notícia

Mulheres no espaço: saiba mais sobre a segunda missão espacial feminina feita pela NASA

31.01.2020

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As astronautas Christina Koch e Jessica Meir foram novamente ao espaço para corrigir uma falha no sistema de energia da Estação Espacial Internacional

Responsável por grandes conquistas, a NASA concluiu mais uma delas. No último dia 15, a Agência realizou a segunda missão espacial totalmente feminina da história, que contou com a participação das astronautas Christina Koch e Jessica Meir, as mesmas escaladas para o primeiro passeio histórico acontecido no fim de 2019. Dessa vez, a dupla saiu da Estação Espacial Internacional com a missão de fazer algumas atualizações e mudanças em seu sistema. Considerando as 200 missões anteriores, é a segunda vez que apenas mulheres andam juntas pelo espaço. Além disso, existe a previsão de que a terceira caminhada ocorra ainda em janeiro. 

Missão feminina no espaço tem como objetivo trocar baterias da Estação Espacial Internacional

A missão feminina pelo espaço, que foi a primeira fora da órbita em 2020, se tratava de uma operação rotineira de manutenção da ISS. As duas astronautas levaram cerca de seis horas e meia para trocar as baterias velhas de níquel-hidrogênio por novas de íon de lítio, que são mais leves e possuem maior capacidade de carga e durabilidade. Com esta atividade e a próxima já programada programada para acontecer em breve, Koch e Meir devem terminar a troca das baterias.

Participação de mulheres em missões é prioridade da NASA

 

Depois de realizar a segunda missão espacial exclusivamente feminina, a participação de astronautas mulheres em suas atividades se tornou um assunto importante para a NASA, que tem escalado mais mulheres para compor o seu time. Na última convocação, foram recrutadas cinco mulheres e seis homens. Além disso, a Agência anunciou que seu programa Artemisa, que busca levar seres humanos à superfície lunar, levará pela primeira vez uma mulher ao satélite terrestre.