Notícia

Curso online da USP vai ensinar ciência para meninas estudantes do ensino básico. Conheça o projeto Astrominas!

11.05.2020

Aulas, experimentos e conversas com convidadas especiais visam empoderar meninas que querem ser cientistas. Inscrições podem ser feitas de 4 a 20 de maio

 

Por que não começar a empoderar meninas que sonham em ser cientistas desde a escola? Pensando nas futuras agrônomas, físicas, engenheiras ou outras profissionais da ciência, o Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP criou o projeto Astrominas: um curso 100% online voltado exclusivamente para meninas estudantes do 9º ano do ensino fundamental e 1º e 2º anos do ensino médio.

 

Durante a programação virtual adaptada ao contexto atual, serão oferecidas atividades e conversas com cientistas convidadas (duas delas, ganhadoras do prêmio Para Mulheres na Ciência!), além da orientação das chamadas “fadas madrinhas”, que vão compartilhar suas trajetórias em diferentes atuações para mostrar que lugar de mulher também é na ciência!

 

Saiba mais sobre a programação do projeto Astrominas oferecido pela USP

 

Composto por cientistas da USP, o projeto Astrominas é coordenado por Elysandra Figueredo Cypriano, professora do IAG, e tem na comissão organizadora Lilian Maria Soja, mestranda do IAG, e as alunas Daniele Honorato, do IAG, Ivanice Avolio Morgado e Marina Izabela, ambas do Instituto de Física (IF) da USP. Vale destacar que, além delas, há várias voluntárias e pesquisadoras que também participam do projeto. 

 

Segundo as organizadoras, a ideia do curso online começou com uma alternativa para respeitar as medidas de isolamento social e, de quebra, alcançar um grande número de meninas do ensino básico de diversas regiões do país. Assim durante as cinco semanas do projeto, estudantes de todo Brasil vão poder aprender mais sobre Astronomia, Matemática, Física, Geociência e Astrobiologia e, ao fim do projeto, receberão o certificado online das horas de curso.

 

Como parte da programação, as meninas podem esperar aulas, murais, experimentos e palestras com diversas convidadas para lá de especiais, como a Profª Drª Beatriz Barbuy e a Profª Drª Thaisa Storchi-Bergmann, físicas e ganhadoras do Prêmio Para Mulheres na Ciência. Além disso, é bom lembrar que durante o processo as alunas vão poder contar com a ajuda de um time de cientistas, as chamadas “fadas madrinhas”, que irão acompanhar e instruir as meninas em todas as atividades.

 

Projeto Astrominas busca empoderar meninas através da ciência. Veja como se inscrever!

 

Além de educar as jovens estudantes, as idealizadoras reforçam que o projeto também tem o objetivo de promover o equilíbrio entre os gêneros na área de ciências em geral, e principalmente nas ciências exatas. “A ciência apresentada nas escolas é quase que exclusivamente representada por nomes masculinos. Além disso, todo o processo histórico contribuiu para que os nomes femininos fossem invisibilizados. Sendo assim, é fundamental construir a imagem da ciência de uma forma mais feminina”, explica Daniele Honorato.

 

Além disso, Marina Izabela também enfatiza que a ideia de um evento inteiramente feminino ajuda a desconstruir o conceito de que meninas não fazem parte do meio científico. “Ainda há uma grande disparidade entre homens e mulheres nas áreas das ciências exatas. Mesmo que muitas grandes descobertas nessas carreiras tenham sido feitas por mulheres, não conseguimos nomear mais de cinco cientistas mulheres de cabeça!”, destaca. 

Ficou interessada na proposta ou lembrou de alguém que possa se interessar? Então, não perca tempo: as inscrições para participar do projeto vão de 4 a 20 de maio, basta clicar nesse link e preencher os dados. A seleção será feita por sorteio, que levará em consideração cotas PPI (para pretos, pardos e indígenas). Após o curso, todas receberão um certificado.