Notícia

Conheça Rafaela Lima, professora de Ciências que usa a internet para ensinar crianças de forma fácil e divertida

04.11.2019

Democratizando a educação,o canal Mais Ciência ajuda 100 mil estudantes mensalmente

A professora de Ciências Rafaela Lima enfrenta, diariamente, o desafio de ensinar crianças de forma fácil, divertida e fora da sala de aula. Para isso, ela criou o canal Mais Ciências no YouTube, onde dá aulas, dicas e fala sobre curiosidades da disciplina. Com enfoque no ensino Fundamental II, as aulas são organizadas em playlists por temas e séries, como Corpo Humano, Astronomia e conceitos de Física, assuntos mais procurados na plataforma. O objetivo é produzir conteúdo na internet para alcançar alunos que têm acesso limitado a materiais didáticos.

O canal também ajuda estudantes que têm dificuldades com a leitura e os estimula a aprender fora da escola. Rafaela conta que até mesmo os pais assistem os vídeos para ajudar os filhos com as tarefas e que a repercussão do material tem sido bem positiva. “Há muita gratidão e relatos de sucesso no ambiente escolar. São quase 100 mil usuários únicos alcançados mensalmente”, comemora.

 

Atuante nas ciências desde os 15 anos, Rafaela encontrou na internet uma forma de superar os obstáculos da sala de aula

Professora há nove anos, Rafaela iniciou sua trajetória nas ciências aos 15 anos de idade, quando participou de um programa de iniciação científica para adolescentes na Fiocruz, Zona Norte do Rio de Janeiro. Após estagiar por três anos na fundação, a estudante fez licenciatura e mestrado em Biologia na UERJ, mas decidiu optar por prestar concurso e atuar como professora nas redes pública e privada por receio da instabilidade na carreira acadêmica.

Rafaela conta que a sala de aula traz desafios, como a rotina, a imensa quantidade de alunos, o que impede uma atenção maior por parte do professor, e a falta de estrutura e de interesse. Para ajudar os alunos, há quatro anos a professora criou o canal Mais Ciências, que tem levado conteúdo para milhares de pessoas. “Gravar aulas para internet alcança muita gente, simplifica dificuldades, reduz distância e é uma democratização”, conta.

Dedicação e determinação são a chave do sucesso

Apesar das dificuldades da área, a professora conta que a carreira é muito prazerosa. Para meninas mais novas que, a exemplo de Rafaela, sonham em ingressar nas ciências, a dica é se dedicar e ter determinação. “Busque ler, conhecer as cientistas e, se possível, participar de um programa de meninas nas ciências”, recomenda.

 

Vale checar o canal dela no Youtube – Mais Ciências:
https://www.youtube.com/channel/UCueQ1eON-Ut21pSXcYJX6_g

O instagram também: https://www.instagram.com/maiscienciasrafaela/